Opinião

Reportagem sobre a USF Âncora

O momento é crítico, reconhecem os profissionais da USF Âncora. A crise económica que o país atravessa não pode deixar de ter impacto no setor da Saúde. Contudo, longe de desanimar, a primeira USF a surgir no Algarve continua a trabalhar com o mesmo entusiasmo de sempre. "Não podemos estagnar", afirma a coordenadora. Novos projetos de intervenção junto de grupos de risco e a acreditação da USF são os próximos passos da equipa.

Farmacêuticas querem assegurar acesso dos doentes aos medicamentos

Em entrevista ao Jornal Médico, João Almeida Lopes, presidente da APIFARMA, fala sobre a Associação que lidera e, ao mesmo tempo, pronuncia-se sobre a forma como a atual conjuntura económica afeta o setor farmacêutico. Portugal tem, "neste momento, a média de preços de medicamentos mais baixa da Europa, pelo que é atrativo para determinados agentes económicos retirar medicamentos do mercado nacional e ir vendê-los em países onde o seu preço é mais alto".

Estudo clinico sobre o pé diabético

No pé diabético podem existir algumas alterações anatomopatológicas e neurológicas periféricas que ocorrem nos pés de pessoas com diagnóstico de diabetes Mellitus. Essas alterações constituem-se de neuropatia diabética, problemas circulatórios, infecção e menor circulação sanguínea no local, sendo que, essas lesões geralmente apresentam contaminação por bactérias e fungos.

USF Condeixa: Na primeira linha desde 2006

A equipa da USF Condeixa, que integra o grupo das primeiras USF que surgiram a nível nacional, conseguiu obter, desde sempre, os melhores resultados a nível técnico, organiz ativo e financeiro. Volvidos mais de seis anos após o início da reforma dos cuidados de saúde primários, prepara-se agora para iniciar o desafio da acreditação.

Publicações