Novas farmacologias em ensaios clínicos: um dos tópicos da 3rd European Fatty Liver Conference

27/05/22
Novas farmacologias em ensaios clínicos: um dos tópicos da 3rd European Fatty Liver Conference

Em contagem decrescente para a 3rd European Fatty Liver Conference (EFLC 2022), a realizar de 8 a 10 de junho, em Maastricht, nos Países Baixos, o Prof. Doutor Rui Castro, membro do comité científico do evento, apresentou as ideias-chave da terceira edição.

Trata-se de uma conferência centralizada no fígado gordo procurando abordar transversalmente as distintas temáticas relacionadas com a patologia, desde a ciência básica até à abordagem clínica multidisciplinar. Desta abordagem multidisciplinar, o também membro dos Comités Educacionais da United European Gastroenterology (UEG) e da European Association for the Study of the Liver (EASL), Membro da Comissão Executiva e group leader no Instituto de Investigação do Medicamento (iMed.ULisboa) e docente auxiliar na Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa, apresenta que um dos aspetos principais desta edição alude para as novas farmacologias em ensaios clínicos.

Além deste aspeto, um outro ponto do programa científico destacado pelo especialista diz respeito à abrangência da doença, incidindo nas “conexões entre os diferentes órgãos”, uma vez que não afeta apenas o fígado, mas também origina complicação cadiovasculares e metabólicas, diabetes e cancro. O Prof. Doutor Rui Castro reforça que o fígado gordo, enquanto doença metabólica, “envolve diferentes órgãos como o tecido adiposo, o tecido musculoesquelético e a flora intestinal”, havendo, por isso, sessões para esclarecer o modo como “estes diferentes órgãos se relacionam com o aparecimento, desenvolvimento e progressão da patologia do fígado”.

A conferência torna-se ela mesma “diferenciadora”, define o especialista, dado que uma das ideias a alcançar relaciona-se com o ato de “incentivar jovens investigadores, quer de ciência básica quer médicos, a fazer a submissão de resumos que poderão ser selecionados para apresentações orais de pessoas que estão em índice de carreira”.

Dissecando o programa científico, o especialista menciona não apenas as sessões práticas a realizarem-se, como ainda o destaque dado sobre o Dia Internacional da esteato-hepatite não alcoólica (NASH acónimo em inglês), que coincide com o último dia de evento. Neste sentido, no dia 10 de junho pretende-se com o conjunto de sessões consciencializar e alertar para esta doença que não tem cura, apesar de existirem “potenciais tratamentos e ensaios clínicos, mas nenhum está ainda aprovado”, sendo convidados várias pessoas de diferentes áreas da sociedade nomeadamente o ministro da saúde dos Países Baixos.

O Prof. Doutor Rui Castro no primeiro dia de conferência será palestrante na sessão “MicroRNAS as biomarkers: scientific plausibility and pathophysiological role” incidindo no papel dos biomarcadores e a sua importância no fígado gordo.

Em suma, a organização convida cientistas, clínicos, sociedades de doentes, enfermeiros, entidades reguladoras ligadas à alimentação e indústria farmacêutica a marcar presença numa conferência que pretende atualizar todos sobre o fígado gordo, com a qualidade de vida do doente em foco, assim como as manifestações da doença no âmbito económico e social, a participar na 3rd European Fatty Liver Conference. As inscrições encerram no dia 1 de junho, podendo ser submetidas através deste link.

Vídeo

Partilhar

Publicações