Atualidade

A Dr.ª Catarina Azevedo, investigadora do Instituto de Investigação e Inovação em Saúde da Universidade do Porto (i3S), foi distinguida recentemente com um financiamento da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD) para estudar a progressão do cancro colorretal. Este apoio, no valor de quase sete mil euros, vai permitir à também estudante do doutoramento em Ciências Biomédicas do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS) desenvolver, durante nove meses, trabalho experimental na Universidade de Pittsburgh, nos EUA.

A Associação Portuguesa de Farmacêuticos Hospitalares (APFH) organiza o Curso Introdutório à Farmácia Hospitalar que se inicia já no próximo mês de fevereiro, terminando em junho. É composto por diversas sessões online destinadas a farmacêuticos residentes em Farmácia Hospitalar e Farmacêuticos não especialistas.

A COVID-19 está associada a um maior risco de doenças cardiovasculares e de morte a curto e a longo prazo, indica um estudo publicado na revista científica da European Society of Cardiology.

O Dr. Luís Portela recebeu, no passado dia 17 de janeiro, o Prémio Excelência na Liderança. O presidente da Fundação BIAL é distinguido com o galardão da revista EXAME, pelo seu contributo para a economia portuguesa.

O Hotel Grande Real Santa Eulália, em Albufeira, vai receber, entre 12 e 15 de maio, o 70.º Congresso Nacional da Sociedade Portuguesa de Otorrinolaringologia e Cirurgia da Cabeça e Pescoço (SPORL-CCP). O prazo de entrega termina a 31 de janeiro.

O Congresso Português de Hepatologia 2023 - 26.ª Reunião Anual da Associação Portuguesa Para o Estudo do Fígado (APEF) decorre de 13 a 15 de abril, no Eurostars Oasis Plaza, na Figueira da Foz.

Investigadores do Instituto de Investigação e Inovação em Saúde da Universidade do Porto (i3S) descobriram um mecanismo que permite diminuir a dose do fármaco mais usado para combater o cancro da mama, do ovário e outros e ter "os mesmos benefícios".

Investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) recorreram à inteligência artificial para prever quais os doentes cardiovasculares com maior risco de desenvolverem problemas neurológicos após uma cirurgia à artéria carótida.

Clínicos do Serviço de Imunoalergologia do Centro Hospitalar Universitário São João (CHUSJ) participaram num estudo conjunto com os principais centros da Rede Espanhola de Mastocitose (REMA), com o objetivo de comparar a precisão diagnóstica de dois modelos de predição de clonalidade mastocitária.

O VII Congresso Hispano-Português de Nefrologia Pediátrica e XLVI Congreso Espanõl de Nefrologia Pediátrica realizam-se nos dias 18 e 19 de maio, na NOVA Medical School, Faculdade de Ciências Médicas, em Lisboa.

Publicações