Projeto da Fundação Champalimaud combina Neurociência Comportamental com tecnologia avançada

27/05/22
Projeto da Fundação Champalimaud combina Neurociência Comportamental com tecnologia avançada

A Fundação Champalimaud avança com mais um projeto científico no novo Centro de Inteligência Artificial. Este programa de investigação pretende revolucionar a Medicina através da ligação entre a Neurociência comportamental e a tecnologia avançada, para criar novas intervenções terapêuticas direcionadas ao comportamento, que promovam a saúde e o bem-estar.

O programa fará parte do novo ecossistema Ocean Campus, em construção na Doca de Pedrouços, junto ao edifício principal do Centro Champalimaud.

Para assinalar este momento a Fundação Champalimaud recebe, entre hoje e amanhã, dia 28 de maio, entre as 20h e as 23h na Warehouse, futura Ocean Campus, a exposição Metamersion que marca o lançamento do novo programa, pretendendo aproximar a investigação fundamental em Neurociência e a saúde humana com o objetivo de expandir o conhecimento para alcançar um impacto mais imediato.

A exposição que funde ciência, tecnologia e arte tem entrada livre e é uma experiência imersiva criada pela dupla de neurocientistas, o Prof. Doutor Joe Paton e o Prof. Doutor Zach Mainen.

De acordo com o Prof. Doutor Joe Paton, diretor do Programa de Neurociências da Fundação Champalimaud “as nossas experiências e ações como o sono, a dieta, atividade física, interações sociais e stress representam alguns dos mais poderosos determinantes da nossa saúde, bem-estar e longevidade”.

“Estes fatores estão enraizados no comportamento, pelo que qualquer tipo de intervenções na saúde seria mais eficaz se combinadas com uma profunda valorização do poder do comportamento e do ambiente para moldar a nossa biologia”, indica.

Partilhar

Publicações