Lançamento do livro: "A Discriminação do Doente Mental no Ocidente"

03/04/13

O Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa vai acolher duas iniciativas no âmbito da campanha de sensibilização e informação para o "Combate ao Estigma do Doente Mental". Dia 11 de abril, pelas 18h30, terá lugar o lançamento do livro “A Discriminação do Doente Mental no Ocidente”, do Dr. Afonso de Albuquerque, médico psiquiatra.



 O autor descreve a história da psiquiatria e da evolução do tratamento da doença mental desde a antiguidade, explica a situação de Portugal nesta área e conta a história do doente mental enquanto socialmente excluído.

Para além do Dr. Afonso de Albuquerque e da Dr.ª Marina Dinis, Psiquiatra e responsável pela Associação de Amigos e Familiares dos Utentes do Hospital Júlio de Matos - FAUMA, estarão presentes na apresentação do livro, enquanto comentadores, a Prof.ª Cristina Santinha, antropóloga do ISCTE e o Prof. Alfredo Caldeira, da Fundação Mário Soares.


Exposição fotográfica

 

Também no dia 11 de abril arranca uma exposição fotográfica do fotógrafo Filipe Pinto, sob o mesmo tema e com o título "Paraíso Escondido", que estará disponível para todos os visitantes até ao dia 14 de abril no átrio de entrada do Hospital.

Esta exposição tem como objetivo ilustrar, sensibilizar e informar sobre o estigma de viver com doenças mentais, para que seja possível inverter a discriminação e preconceito. "Paraíso Escondido" é composta por nove fotografias que debatem os mitos e os tabus, desmistificando-os para melhorar a saúde.

Combate ao Estigma da Doença Mental
O lançamento do livro "A Discriminação do Doente Mental no Ocidente" e a exposição fotográfica são duas ações da campanha "Combate ao Estigma da Doença Mental", desenvolvida pela Associação de Amigos e Familiares dos Utentes do Hospital Júlio de Matos (FAUMA). A campanha utiliza duas linguagens distintas pretendendo desmistificar o estigma existente em torno da doença mental, o Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa, os seus utentes, mitos e tabus, criando uma melhor compreensão sobre o tema.



Sobre Dr. Afonso de Albuquerque:
Licenciado em Medicina pela Universidade de Coimbra em 1960 obteve o título de especialista em Psiquiatria em Londres. Começa a sua carreira profissional em Portugal no Hospital Júlio de Matos, onde introduziu a terapia comportamental, criou a Consulta de Sexologia, Aconselhamento Conjugal e a Consulta de Stress Traumático. Desde 1981 até à data da sua aposentação exerceu o cargo de Diretor do Serviço de Psicoterapia Comportamental do Hospital Júlio de Matos. É membro fundador e foi presidente de três sociedades científicas. Escreveu, como autor ou co-autor, vários livros sobre as temáticas do stress, da terapia cognitivo-comportamental e da sexologia.


Sobre a FAUMA:

A FAUMA, Associação de Amigos e Familiares dos Utentes do Hospital Júlio de Matos, é uma associação que procura organizar as várias pessoas que desejam contribuir para melhorar a qualidade de vida dos doentes mentais, em particular daqueles que recebem cuidados de saúde no Hospital Júlio de Matos. Foi criada por proposta da Comissão de Humanização do Centro Hospitalar Psiquiátrico de Lisboa, como forma de organizar o voluntariado em Saúde Mental. É uma associação independente e livre, que procura incentivar a boa disposição e o bem-estar, fomentando as atividades lúdicas permitindo o desenvolvimento da expressão e criatividade de cada um.


Sobre Filipe Pinto:

É formado em fotografia pela ETIC, é um fotógrafo que desenvolve projetos de autor, tendo já exposto nacional e internacionalmente. Em 2012 fotografou para o semanário checo Prague Post e para a organização sem fins lucrativos CzechDesign. Dentro da diversidade dos projetos em que participa, salienta-se a sensibilidade que consegue transparecer nas imagens que constrói, conjugando-as visualmente e emocionalmente.

Partilhar

Publicações