Aposta na formação de profissionais de saúde melhora diagnóstico e tratamento da dor

27/02/13

A Grünenthal, em parceria com a Clínica Equilibrium, promove um curso de formação em gestão da dor crónica, no próximo dia 8 de Março, pelas 16 horas, no edifício Madeira Magic, do Grupo Pestana, no Funchal. A abertura do curso estará a cargo da presidente do Conselho Diretivo do Instituto de Administração da Saúde e Assuntos Sociais.


Esta iniciativa pretende ser um contributo formativo para os profissionais de saúde da ilha da Madeira, de forma a melhorar os seus conhecimentos na área dor crónica, realçando novas propostas terapêuticas, apresentando soluções a implementar na prática clínica diária e desenvolvendo novas abordagens no tratamento da Dor.


A dor crónica é uma situação de dor persistente e se não for adequadamente tratada, pode conduzir a um impacto socioeconómico grave, afetando a qualidade de vida do doente e acentuando os avultados custos diretos e indiretos ao Sistema Nacional de Saúde, por exemplo em termos de dias de baixa ou ausência laboral, reformas antecipadas, exames complementares de diagnóstico.


Estima-se que a dor crónica afete cerca de 30 por cento da população portuguesa.


Palestrante:
Dr. Paulo Reis Pina
Médico especialista em medicina interna. Doutorando em Medicina. Mestre em Cuidados Paliativos. Pós-Graduado em Medicina da Dor. Pós-Graduado em Geriatria. Pós-Graduado em Bioética. Docente Universitário. Membro da Clínica de Dor e da Equipa de Cuidados Paliativos do Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil.


Programa do Curso:
• Definição de dor
• O "ónus" da dor crónica
• Avaliação da dor na prática clínica
• Comunicação médico-doente
• Vias de transmissão da dor
• Factores que afectam a cronicidade da dor
• Controlo multimodal da dor
• O Círculo Vicioso no tratamento farmacológico
• Controlo da dor crónica orientado pelo mecanismo subjacente
• Equipotências analgésicas
• Rotação de opióides
• Discussão de casos clínicos de dor crónica

Partilhar

Publicações